terça-feira, 27 de setembro de 2016

FORA DE "SÉRIE"



Perturba-me esse mundo em série! Explico.
As vezes sou tomada da sensação de estar residindo num círculo de repeticões, um quase DÉJÀ-VU contínuo no que diz respeito a padrões, valores e pessoas!!! Sou remetida a uma grande fábrica de manufaturar e isso me deixa atônita.
Sabe aquela visão que soa exatamente igual com pessoas diferentes, em lugares e momentos diferentes?  O peso ideal, a cor do cabelo, o corte da barba, as gírias, o coloquial, o tipo de roupas, sapatos, valores??!!!Quase uma teoria da conspiração.
Há alguns dias estava sentada no aeroporto aguardando e comecei a observar que o estereótipo feminino funciona em série. Humanos diferentes com buscas físicas idênticas, cabelos do mesmo corte, da mesma cor, biotipo ideal, estilos de roupas e comportamento. Experimentei uma ligeira crise de topofobia.
Lembrei-me dos natais, onde nossa filha entrava no corredor de BARBIES e escolhia aquela, da caixa diferente, azul brilhante ou rosa choque, mas a boneca... em série!
De repente, nos pegamos acostumados e abominando a diferença, e o que não se enquadra é um sujeito "démodé".
O mais grave disso é quando a nossa espiritualidade começa a ser influenciada:
- Se voce não estiver nesse "mover"... Se não participar de... Se nunca ouviu o/a... Se não sabe o significado de... Se nunca foi a...
Somos todos nós vítimas em potencial dessa pesada e real atividade do universo em série.
Uiiiii, Deus nos livre!
E o DEUS DA DIVERSIDADE, como enxerga isso?
Podem até discordar de mim, mas quando leio o LIVRO encontro um amontoado de atípicos como Seus representantes, é impressão, ou Deus realmente ama a singularidade??? Ops, parece que veio Dele o conceito.
Então um VIVA aos que avançam lutando para se libertar dos padrões impostos por essa era! Vocês me inspiram!
Aos que não se importam de serem "ridos" e "caçoados" por razões que até Kurt Lewin coraria.
Aqueles que já compreenderam que individualidade é GRAÇA DIVINA e não deve ser negociada, a despeito da pressão.
Um saudável e exultante BRINDE DE LEGITIMIDADE aos FORA DE SÉRIE.





Nenhum comentário:

Postar um comentário