quarta-feira, 22 de outubro de 2014

QUANDO VOCÊ VEM...



Quando VOCÊ vem,
Minha acidez é substituída por ternura,
E ouso sorrir com minha alma,
Um sorriso que encanta, inspira e acalma.

Quando VOCÊ vem,
Na madrugada escura do dia que vai nascer
Sinto-me amada, desejada, querida...
Posso ver na canção o nosso cenário de amor,
Eterno e fecundo em VIDA.

E pela transparência daquilo que "ainda" nos separa
Toco com leveza porções da eternidade
Vejo seu olhar fitando-me,
Seu ardente anseio a buscar-me,
Ambos caminhamos pela cortina do tempo
Sabedores que em breve ela se desfará!






Nenhum comentário:

Postar um comentário